Resenha #2 - Poseidon, Anna Banks


Sou apaixonada por mitologia grega, então o nome do livro me chamou a atenção logo de cara. Mas a história que serve como pano de fundo para Poseidon não é a típica conhecida. Na coleção de Anna Banks, Poseidon era irmão de Tritão, e os dois eram reis no mar. A cada três gerações os herdeiros de cada um dos dois reinos devem se acasalar para garantir a perpetuação dos dons de cada rei: o de Poseidon, que falava com os animais marinhos, e o de Tritão, que movia as águas.

E é nesse período que se passa Poseidon. Grom, rei de Tritão, deve se acasalar com uma filha de Poseidon, mas o problema é que não há herdeiros reais neste reino, desde que a filha do rei foi morta em um acidente. Nesse contexto, Galen, irmão de Grom e uma espécie de embaixador na Terra, encontra Emma, uma garota que vive como humana mas se parece muito com os Syrenas -os seres que vivem no mar- e aparenta ter o dom de Poseidon. Porém, o que ele não esperava era se apaixonar pela mulher que deveria ser sua rainha.

"-Pare! -ela grita.
Galen para. No entanto, Emma  não está falando com ele. Está falando com o tubarão.
E o tubarão para.
Emma envolve Chloe com os dois braços e a segura contra o peito, afastando a  amiga do ataque.
-Você não pode levá-la! Deixe-a aqui! Deixe-nos em paz!
O tubarão se vira e se afasta como se estivesse emburrado.
Galen se surpreende. Observa até o movimento da cauda desaparecer a distância. Ele tenta entender. Porque o que sabe, com toda certeza, a respeito dos tubarões é que eles não se afastam. [...] E aquele simplesmente desistiu da refeição, de sua presa por direito."

O livro é cativante.  As cenas entre Galen e Emma são de todos os tipos - tristes, cômicas, sérias - e se devem ao fato de os dois estarem tendo experiências totalmente novas para eles. Enquanto Galen tenta aprender sobre a cultura humana e entender seus novos e totalmente inapropriados sentimentos, Emma tenta aprender como são os Syrenas. Ela tem muito a saber sobre o fardo que o dom de Poseidon traz e o que ele implica em sua  vida. Mas ela também nutre sentimentos por Galen, apesar de as ações dele não a permitirem saber se são correspondidos.

Quando cheguei ao final do livro nem percebi, de tão absorta que estava na leitura -virei a página esperando começar outro capítulo, mas me deparei com uma folha em branco e com a vontade de saber o que viria depois.


No exterior já foram lançados três livros da série -Of Poseidon, Of Triton e Of Neptune-, mas aqui no Brasil apenas Poseidon foi lançado, pela Novo Conceito. Enviei um e-mail para a editora para saber se os próximos seriam lançados logo, mas não há previsão. 

Comentários

Postagens mais visitadas