Resenha #9 - Maybe Someday, Colleen Hoover


Bem, esse livro com certeza tem uma proposta bastante diferente do que qualquer outra coisa que eu já tenha visto. Eu nunca tinha lido uma obra da autora antes, mas estou definitivamente conquistada.

Sydney é uma estudante de música que compõe letras maravilhosas, apesar de achar que suas canções não são tão belas assim. Ela mora com sua melhor amiga, Tori, e namora Hunter há dois anos. Sua vida está ótima, até que ela descobre que as duas pessoas em quem mais confia a traíram.
Seu coração está despedaçado, ela está sem emprego e sem lugar para morar. Então, seu vizinho, Ridge, a leva para morar com ele em seu apartamento, onde já moram mais outras duas pessoas.

Ridge toca violão e Sydney fica simplesmente fascinada pelo modo como ele fica enquanto está tocando. Logo, a atração e um sentimento mais forte começam a crescer entre eles, sendo intensificados pelos momentos que passam juntos compondo novas músicas. Mas Ridge tem uma namorada, Maggie, a quem ele ama muito e não tem intenção alguma de abandonar.

O livro conta uma história de amor entre duas pessoas que já estão apaixonadas por outras (ou pensam que estão), e é por aí que flui a trama. E aqui vem o toque que me fez ficar completamente apaixonada. Ao longo da história, enquanto as personagens vão compondo músicas - letra e melodia - nós, leitores, podemos escutá-las. 

"I want to hold on to you
Just like these memories I can’t undo
I want to hold on to you
Without you here that’s kinda hard to do"
-Hold on to you

A autora fez uma parceria com o compositor Griffin Peterson, então as músicas foram realmente escritas e gravadas. Podemos escutar à todas elas no site da série. Lá também estão disponíveis uma pequena biografia sobre Griffin e outra sobre Colleen, além de um epílogo e um vídeo sobre o projeto do livro.



Comentários

Postagens mais visitadas